Ex-stripper afirma fazer feitiços que ajudam a ter orgasmos

Ela atende tanto casais como pessoas solteiras

Você acredita em bruxaria? Pois esta ex-stripper da Nova Zelândia afirma ter largado o antigo emprego para se tornar uma bruxa e ajudar as pessoas que têm dificuldades na vida sexual com seus feitiços. Shaney Marie, de 31 anos, atende tanto casais como pessoas solteiras, e a inspiração para a ideia veio justamente dos clientes que tinha quando era stripper, que não estavam procurando apenas um corpo bonito que os excitassem.

"Quando eu era stripper, notei que a maior parte dos homens vinha para mim à procura de conexões mais profundas e não tinham nenhum lugar para ir. Eu me lembrei dos tempos antigos, quando existiam templos em que homens buscavam conselhos e cura com dançarinas eróticas”, afirma a “ bruxa ” à agência de notícias britânica “Caters News”.

Shaney afirma que, além disso, o fato de homens objetificarem mulheres nos clubes de strip e de as mulheres guardarem o dinheiro que lhes é dado por isso fez com que esses lugares “deixassem de ser locais para o amor, sem respeito vindo de qualquer um dos sexos”, fazendo-a se sentir ainda mais motivada a largar a profissão.

Despreocupada com o que as pessoas podem achar da decisão, Shaney afirma que há muita desinformação acerca da bruxaria e do paganismo, mas que as pessoas estão lentamente substituindo a religião pela espiritualidade, o que garante sua clientela.

Apesar de estar em um relacionamento com um homem, Shaney afirma que é panssexual – ou seja, não se limita ao gênero na hora de escolher ficar com alguém ou não – e ecossexual. De acordo com ela, a segunda orientação sexual vem do fato de ela se sentir sexualmente excitada pelos elementos da natureza. “Isso pode significar se render a prazeres como o vento soprando em sua pele. Os elementos são importantes para bruxas e shamans e xamãs em geral”, explica. 


Rituais, feitiços, cristais e mais

Segundo Shaney, a maior parte da clientela – que chega a mais de 100 clientes – é composta por homens de 20 a 70 anos e os atendimentos podem ocorrer tanto pessoalmente quanto por consultas via Skype (bruxaria moderna!). Ela afirma que, nesses atendimentos, o objetivo é utilizar a filosofia pagã para descobrir novas formas de sentir prazer e ainda potencializá-las.  A bruxa então ensina os clientes a “rezar” para o amor e utilizar cristais para aumentar a sensação prazerosa do clímax sexual.

Apesar de grande parte das pessoas buscarem benefícios sexuais nas consultas com a bruxa, Shaney afirma que não é só para isso que o atendimento dela serve. Segundo ela, há também qualidades terapêuticas que fazem bem a pessoas traumatizadas e depressivas. “Um dos meus clientes estava sofrendo com uma depressão severa. Após seis sessões, ele disse que sentiu mais crescimento do que sentiu durante anos de terapia psiquiátrica”, conta.







Fonte: Com informações do IG