Modelo da Playboy causa polêmica ao posar nua em vulcão sagrado

Vulcão é conhecido como o cemitério dos antepassados.

A modelo Jaylene Cook, que trabalha para revista Playboy, causou bastante polêmica na Nova Zelândia após protagonizar um ensaio nua em um vulcão considerado sagrado. O vulcão é conhecido como o cemitério dos antepassados da tribo Maori, sendo ele mesmo visto como um. O ato de escalar o monte também é considerado uma conduta inapropriada.

O acadêmico Maori Dennis Ngawhare explicou a polêmica. "Algumas pessoas vão pensar 'o que tem de errado com isso? Quem se importa?', mas eu também conheço primos e familiares que vão ficar bem chateados com isso. Eles vão considerar isso desrespeitoso com a montanha", disse. "Eu aceito que alguém suba ao topo da montanha, mas o que pedimos é que as pessoas sejam respeitosas", continuou.

A modelo, que possui 300 mil seguidores nas redes sociais, publicou a foto pelada e alcançou a marca de 11 mil curtidas. Ela também resolveu se manifestar sobre o assunto e  disse que não tinha intenção de ofender ninguém. 

"Estar nua não é ofensivo em maneira alguma. É natural e puro, é um empoderamento", se defendeu. 

Modelo Jaylene Cook
Modelo Jaylene Cook
Foto de Jaylene Cook que causou polêmica (Crédito: Reprodução)
Foto de Jaylene Cook que causou polêmica (Crédito: Reprodução)








Fonte: Com informações do IG
logomarca do portal meionorte..com