Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Mulher cobra por sexo virtual e ameaça divulgar fotos dos clientes

A “garota de programa” ameaçou colocar as imagens dos "clientes".

Compartilhe
Google Whatsapp

Uma mulher cujo nome ainda não foi fornecido pela polícia, está cobrando muito dinheiro de um “cliente” com quem fez sexo virtual pela Internet. A “garota de programa” ameaçou colocar as imagens que ela gravou fazendo “sexo” nas redes sociais, principalmente no Facebook dos amigos do homem, cuja lista é muito grande.

O caso foi registrado na 2ª Delegacia do Carumbé, mas será investigado por policiais da Delegacia Especializada de Estelionato. Contou o homem de 55 anos, morador do bairro Chácara dos Pinheiro, região do Coxipó, em Cuiabá. A suposta vítima afirmou ter feito experiências sexuais via webcam, através do aplicativo Skype.

Depois de alguns dias, segundo o homem, a mulher começou a fazer ameaças de denunciá-lo, passando a cobrar algo em torno de 20 reais por minuto para se calar e não expor as gravas nas redes sociais.

Segundo a denúncia representada à Polícia Civil pela vítima, ele conheceu a mulher moça por meio de um chat. Depois de conversas eróticas, o “casal” passou a se exibir, onde ambos mostravam suas partes íntimas em um relacionamento pela Internet.

Sem saber de quem se tratava. Ou seja, que por trás dos atos sexuais voluntários entre ambos, o homem se surpreendeu com a cobrança. A desconhecida, inclusive fez ameaças, dizendo em mensagens de WhatsApp que caso ele não fizesse o pagamento iria cobrar o valor de todos os seus contatos da rede social Facebook.

Assustado com as ameças e com a repercussão do caso, que não é inédito no País, muito menos em Cuiabá, o homem reuniu todas as conversas de ameaças e extorsão e registrou um Boletim de Ocorrência (BO) na Polícia Civil. O caso agora está sendo investigado pelo delegado José Carlos Damian. O delegado ainda não quis se pronunciar sobre as investigações.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp
Carregar os comentários (0)

comentários

fechar comentários
Nenhum comentário feito até o momento

veja também

Recomendamos

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto