mais

Antônia Fontenelle será investigada por comentário preconceituoso

No dia seguinte à divulgação das imagens, Fontenelle se posicionou nas redes sociais contra as agressões, chamando DJ Ivis de "paraíba"

Após comentário sobre o DJ Ivis, ao chamá-lo de "paraíba", a atriz e youtuber Antônia Fontenelle vai ser investigada pela Polícia Civil daquele estado por possível crime de preconceito ou discriminação contra paraibanos.  

Nesta quarta-feira (14), o delegado Pedro Ivo, da 1ª Delegacia Seccional da Polícia Civil da Paraíba, solicitou a abertura de um inquérito para apurar os fatos, segundo o Portal de Notícias G1.

Antônia Fontenelle será investigada por crime de preconceito | FOTO: DivulgaçãoAntônia Fontenelle será investigada por crime de preconceito | FOTO: Divulgação

Os vídeos de agressões contra a ex-mulher do DJ Ivis, Pamela Hollanda, foram divulgados por ela nas redes sociais no domingo (11). No dia seguinte à divulgação das imagens, Fontenelle se posicionou nas redes sociais contra as agressões com o seguinte texto:

"Esses 'paraíbas' fazem um pouquinho de sucesso e acham que podem tudo. Amanhã vou contatar as autoridades do Ceará para entender porque esse cretino não foi preso".

Após as declarações da atriz, cantores, artistas, famosos, blogs e várias páginas de entretenimento criticaram o uso da expressão “paraíba” com cunho negativo.

Após as críticas, ela voltou a falar sobre o assunto:

“Esse bando de desocupado aí da máfia digital que não tem nada o que fazer. Se juntaram pra agora me acusar de xenofobia. De novo? Num cola! Já tentaram me acusar de xenofobia. (…) Porque eu falei ‘esses ‘paraíba’ quando começam a ganhar um pouquinho de dinheiro acham que podem tudo. ‘Paraíba’ eu me refiro a quem faz ‘paraibada‘, pode ser ele sulista, pode ser ele nordestino, pode ser ele o que for. Se fizer paraibada, é uma força de expressão”, disse a atriz em um vídeo.

Dj Ivis, que é paraibano, mora em Fortaleza e foi preso na quarta-feira (14)

Histórico

Não é a primeira vez que a atriz se envolve em polêmicas por comentários preconceituosos. 

No início do ano, Antônia Fontenelle foi indiciada pelos crimes de racismo e xenofobia pela Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) por causa de ofensas contra a atriz Giselle Itié, nascida no México. Na época, ela havia comentado "Volta para o seu país, é o melhor que você faz", em suas redes sociais após Itié revelar ter sofrido assédio por um diretor de novelas quando tinha 23 anos.

Com informações do G1

Tópicos

comentários

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Desbloquear Notificações

Como desbloquear notificações

Na barra de endereço, clique no cadeado e em Notificações escolha a opção permitir, como na imagem abaixo

desbloqueio de notificação push

Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail