Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Festival de mulheres vai discutir a violência de gênero

Com programação maior e mais diversa, evento vai acontecer no CCSP, em 21 e 22 de setembro, com conteúdo, co-criação e cultura, incluindo mostras de artes e de cinema

Compartilhe
Google Whatsapp


O Festival Agora É Que São Elas terá a violência de gênero na política como principal tema das mesas de debate, em sua segunda edição, em 21 e 22 de setembro de 2019. Neste ano, a programação está maior e mais diversa, e inclui, além dos debates e master classes com convidadas especiais, mostra de cinema, arte contemporânea, shows e performances para um público amplo e múltiplo.

Com apoio da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, o evento vai acontecer no Centro Cultural São Paulo (CCSP), na região da avenida Paulista.

Idealizado por Antonia Pellegrino, Aline Vieira e Joana Braga, o festival nasceu como um espaço de diálogo sobre direitos igualitários, liderança e afirmação de identidades, conectando no offline o público online do coletivo #AgoraÉQueSãoElas. O eixo condutor, desde o início, é o debate sobre a inserção das mulheres nas instâncias de poder.

“Neste ano, especificamente, definimos como tema principal das mesas de debate e master classes a violência contra a mulher na política, um tema pungente que ainda não está sendo discutido na sociedade como deveria”, destaca a cientista social e roteirista Antonia Pellegrino.

As mesas de debates e masters classes vão apresentar discussões como ser mulher no poder, o sistema eleitoral e as candidaturas de mulheres, a política feita por mulheres historicamente, as violências políticas nas campanhas, o viés inconsciente do eleitorado e os desafios e soluções para elevar a participação da mulher na política, entre outros tópicos dentro da proposta de violência de gênero na política.

A mulher e os vários campos de poder serão base para as demais atividades da programação, que propõem o compartilhamento de experiências entre convidadas de diferentes segmentos sociais, a reflexão e a mudança estrutural da sociedade para enfrentar a desigualdade de gênero.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto

×