Você precisa verificar a sua conta, acesse o seu e-mail

mais
URGENTE
Acidente em aeroporto de Teresina causa confusão em voôs para todo o país
Baixe o nosso APLICATIVO
ESCOLHA A LOJA ABAIXO: Google Play AppStore
curiosidades rede meionorte blogs notícias entretenimento esportes cidades carros

Filme sobre Rogéria ganha trailer e data de estreia: 31 de outubro

Documentário conta a história da travesti Rogéria

Compartilhe
Google Whatsapp


Depois de exibições aclamadas em eventos como o Mix Brasil e o Festival do Rio de 2018, “Rogéria – Senhor Astolfo Barroso Pinto”, de Pedro Gui, chega aos cinemas em 31 de outubro. O trailer do documentário, traz trechos de entrevistas com personalidades como Jô Soares e Betty Faria e com a própria Rogéria – que morreu em setembro de 2017, ainda durante o processo de realização do filme. 

Além das entrevistas e de cenas de arquivo, o documentário traz dramatizações da vida da artista, que é interpretada por quatro atores diferentes. Nascida Astolfo Barroso Pinto, Rogéria começou maquiando grandes estrelas, que a incentivaram a lançar-se em uma carreira como atriz e cantora, assumindo uma figura feminina.

Bibi Ferreira, Nany People, Rita Cadilac, Aguinaldo Silva, Aderbal Freire Filho e Jane Di Castro estão entre as personalidades que dão depoimentos em “Rogéria – Senhor Astolfo Barroso Pinto”, que conta com roteiro de Dostoiewski Champangnatte. O filme conquistou o prêmio de Director Recognition no Los Angeles Brazilian Film Festival, em 2018, e foi o grande vencedor do DIGO (Festival Internacional da Diversidade Sexual de Goiânia), recebendo os prêmios de Melhor Filme, Melhor Direção para Pedro Gui e Melhor Atuação para Alessandro Brandão.  A produção é da BR Produções e a distribuição é da Pagu Pictures.





Um documentário que vai contar a vida e a trajetória artística de Rogéria a partir da dualidade entre artista e personagem, entre Rogéria e Astolfo. Passando por todos os momentos da vida da transformista, o filme mescla dramatizações de etapas de sua vida – como o acidente que lhe feriu a cabeça – e depoimentos de artistas brasileiros, como Betty Faria, Jô Soares, Bibi Ferreira e Aguinaldo Silva. Atual, provocante e sensível, o filme trata de temas frequentemente abordados no mundo de hoje, como questões de gênero, preconceito e afirmação de direitos no Brasil.


Tópicos
Compartilhe
Google Whatsapp

veja também

Localização

Definir a localização padrão

Central do usuário

Login pelas Redes Sociais

Nunca postaremos nada em seu nome


Login por e-mail

Use sua conta cadastrada por e-mail

Não tem conta no meionorte.com?

Cadastre-se

Fique por dentro

Receba notícias quentinhas diretamente no seu whatsapp

Continuar

Falta pouco, agora escolha as categorias que deseja receber notícias

Aperte (ctrl + clique) para selecionar vários
Pronto!

Agora você passará a receber novidades diretamente no seu whatsapp.

Termos de uso

Texto

Política de privacidade

Texto