8 coisas que as bactérias podem fazer ao seu corpo

8 coisas que as bactérias podem fazer ao seu corpo

As bactérias podem fazer muito mal ao seu corpo

As bactérias podem fazer muito mal ao seu corpo. Para saber mais sobre isso, selecionamos algumas coisas que esses seres podem fazer ao seu corpo. Confira:

1. DOR AO URINAR

Ardor e dor ao urinar podem ser causadas pela bactéria Neisseria gonorrheae, o agente da gonorreia. Transmitida através de relações sexuais, a gonorreia provoca inflamação, infecção e saída de secreção purulenta pela uretra. Enquanto nos homens ela causa sintomas mais aparentes, nas mulheres pode ser assintomática.

2. ASFIXIA

A Corynebacterium diphtheridae é a bactéria transmissora da difteria, uma doença que leva os pacientes a apresentarem sintomas como febre, inflamação e dor de garganta, dificuldade de engolir, gânglios linfáticos inchados e cansaço. A asfixia ocorre no agravamento da moléstia, podendo levar o paciente à morte. A difteria é transmitida por contato direto com doentes ou portadores assintomáticos através de secreções nasais. As principais vítimas são os idosos e as crianças.

3. VISÃO DUPLA

Além da visão dupla, o botulismo provoca fotofobia (intolerância à luz), sensação de boca seca, tontura, dificuldade para urinar, fraqueza muscular e, caso ocorra um agravamento da doença, paralisia dos músculos respiratórios. Ele é causado pelo Clostridium botulinum, um agente bacteriano presente em alimentos contaminados. É por isso que os profissionais de saúde costumam recomendar maior cuidado na compra de palmito, milho, ervilha e outros tipos de alimentos enlatados.

4. VÔMITOS SANGUÍNEOS

Transmitido por animais infectados, o antraz provoca bolhas na pele que se transformam em úlceras (feridas), diarreia, infecção pulmonar e vômitos com bastante sangue. O agente causador é o Bacillus anthracis, uma bactéria que já foi utilizada como arma biológica. O exército dos Estados Unidos costuma vacinar os seus soldados contra-ataques com antraz. Se o agente infeccioso for inalado, a probabilidade de morte é de 100%.

5. DECOMPOSIÇÃO DA PELE

A decomposição de partes do corpo é um dos sintomas mais graves da peste bubônica, ou peste negra. Ela foi responsável por uma das maiores epidemias da história, que matou milhões de europeus durante a Idade Média. Transmitida por picadas de pulgas, a Yersinia pestis é a bactéria causadora da doença. Os sintomas surgem de dois a cinco dias após a contaminação, e incluem inchaço dos gânglios linfáticos, manchas negras pelo corpo (daí o nome peste negra), calafrios, náuseas, fraqueza, dores de cabeça e confusão mental.

6. CARNE DEVORADA

As infecções de pele e músculo são causadas por uma grande variedade de bactérias, muitas necrotizantes. A Streptococcus pyogenesdo grupo A, por exemplo, devora de tal forma a carne da pessoa contaminada que os médicos são forçados a amputar os membros atingidos. Ela causa a fasceite necrotizante, uma moléstia cujos primeiros sintomas são febre, diarreia, sede intensa e fraqueza. Bolhas, inchaço e manchas escuras na pele são sinais de que a doença está evoluindo. Se não receber os cuidados necessários a tempo, o paciente pode morrer. Felizmente, esse tipo de infecção é bastante raro.

7. DEFORMAÇÕES NO CORPO

Popularmente chamada de lepra, a hanseníase (ou mal de Hansen), é uma doença com sintomas como surgimento de manchas esbranquiçadas em certas partes do corpo, além de formigamento e incapacidade de diferenciar o frio e o quente nos locais afetados. A pessoa contaminada pode apresentar falta de suor e inchaços nas mãos e pés. Pode também apresentar deformações em mãos, pés, glúteos e rosto, levando os médicos a muitas vezes amputarem os dedos. A hanseníase é provocada pela bactéria Mycobacterium leprae. A transmissão ocorre por meio das vias respiratórias – secreções nasais, tosses e espirros.

8. MANCHAS NA PALMA DA MÃO

Falta de apetite, febre, náuseas, dores de cabeça e dores musculares podem ser sintomas de diversas doenças. Mas se vierem acompanhados de pequenas manchas/erupções avermelhadas pelo corpo (inclusive na palma da mão e planta do pé), podem ser sinal de febre maculosa. Ocorrem muitas vezes pequenas hemorragias nessas erupções. O causador da doença é a bactéria Rickwttsia rickettsie e o transmissor é o carrapato-estrela, presente em capivaras e cavalos. A febre maculosa é também chamada de febre do carrapato.

Fonte: Mais Curiosidades
logomarca do portal meionorte..com