Americano que comia cocô direto de uma fralda mata o próprio filho

Garoto encontrou fotos do próprio pai praticando o "fetiche"

Em novembro de 2012, Dylan Redwine, de 13 anos, desapareceu durante uma visita ao seu pai, Mark. Durante a visita, Dylan encontrou fotos de Mark comendo o próprio cocô direto de uma fralda. Ao perguntar ao pai o que em nome de tudo que era mais sagrado era aquilo, Dylan foi morto.

Depois de mais de 4 anos de investigação, o estado de Colorado finalmente declarou Mark Redwine culpado pelo assassinato e abuso de Dylan. Havia traços de sangue na casa e no carro do homem.

Já os restos do garoto foram encontrados em uma floresta perto da casa de Mark, sete meses depois do sumiço de Dylan. O crânio do menino só foi achado em 2015. Dylan foi morto com golpes na cabeça por um objeto pontiagudo.

Cory Redwine, irmão mais velho de Dylan, disse ter visto as fotos de Mark. "As fotos mostram ele vestido de mulher e usando maquiagem, comendo cocô de uma fralda. É nojento. Nós não conseguíamos acreditar".

Agora, Mark finalmente foi preso, e a crueldade do crime não passará despercebida pelo júri.


Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com