Apaixonados, mãe e filho são condenados por incesto nos EUA

Mãe e filho se apaixonaram e lutaram na justiça, mas não adiantou.

Monica Mares, de 36 anos, e o filho, Caleb Peterson, de 19, foram condenados pelo crime de incesto por um júri da cidade de Clovis, no Novo México, nos Estados Unidos. Os dois, que causaram revolta após lutarem na Justiça para conseguir manter o relacionamento por estarem apaixonados, terão que se separar.

O dois se declararam culpados e com isso conseguiram um acordo judicial e, portanto, não ficarão presos. Se condenados, a sentença seria de até 18 meses de detenção. O juiz determinou que eles devem ficar um ano e meio sem se comunicar e serão acompanhados de perto por autoridades. Depois, deverão ficar mais um ano e meio sem nenhum contato, mas sem acompanhamento.

Monica, que é mãe de nove filhos, teve Caleb aos 16 anos e o colocou para adoção. Eles acabaram se reencontrando muito tempo depois e disseram que foi amor à primeira vista. “Ele é o amor da minha vida, e eu não quero perdê-lo. Meus filhos o amam, assim como toda minha família. Nada pode nos separar, nem a Justiça, nem a cadeia”, afirmou ela.

O ex-marido de Monica, Dayton Chavez, que é pai dos seus outros nove filhos, disse que apoia o namoro. "Eu os apoio. Gostaria que o governo parasse de se meter na vida deles e deixasse eles viverem suas vidas normalmente", disse.

A mulher também contou sobre a primeira vez em que os dois falaram sobre seus sentimentos. “Primeiro eu disse a ele: ‘Sinto muito, eu não sei como você vai reagir a isso. Sou sua mãe e você, meu filho, mas estou me apaixonando por você’. Aí ele respondeu: 'Quer saber? Eu também. Estava com medo de te contar'”.





Fonte: Com informações do Extra
logomarca do portal meionorte..com