Após sair do coma, mulher descobre que o marido e a irmã morreram

Atropelamento que quase matou mulher deixou outros quatro mortos

A ucraniana Oksana Berchenko, de 27 anos, se feriu gravemente e entrou em coma após um acidente de carro que chocou o mundo no último dia 18 de outubro. Oksana (centro) foi atingida na calçada pelo carro de Alyona Zaitseva, de 20. O Lexus de Alyona, filha de um milionário, passou o sinal vermelho em Kharkiv, norte da Ucrânia, colidiu com outro veículo e atropelou, além de Oksana, mais dez pessoas. Seis delas morreram na tragédia.

Oksana acordou do coma seis dias após o acidente. Mas continuou em estado grave, sem conseguir se comunicar. Os médicos, com receio de afetar seu frágil estado de saúde, preferiram não contar que duas pessoas bem próximas a ela estavam entre os mortos da tragédia. Oksana melhorou, mas continua na cama do hospital. Quase quatro semanas após o atropelamento, os médicos decidiram que era hora de revelar o ocorrido: ela ficou sabendo então que perdera o marido, Alexander Evteev, de 27 (à direita), e a irmã, Diana, de 22 (à esquerda).


"Acordei do coma. Mas minha vida virou um pesadelo. Não sei o que será daqui pra frente sem a presença do meu marido e de Diana, duas das pessoas que mais amava", disse.

"Oksana teve lesões na cabeça e no tórax, quatro costelas fraturadas e o pulmão direito lacerado. Também quebrou a perna esquerda", avisaram os médicos. "O número de pessoas com vidas destruídas certamente é bem maior do que as das vítimas propriamente ditas", disse ainda Oksana sobre o acidente nas ruas de Kharkiv.

Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com