As situações que ocorrem devido aos testes em animais

As situações que ocorrem devido aos testes em animais

Os animais são usados para fazer vários testes para humanos

Os animais são usados para fazer vários testes que vão ajudar os seres humanos. Mas, o que poucas pessoas sabem é como eles sofrem nesse processo.

Pensando nisso, fizemos uma seleção dessas coisas para você, para você entender que testes são feitos em animais e que servem para humanos. Confira:

1. Os testes para produtos cosméticos

Os testes em animais para produtos cosméticos são voltados em 100% nos bichinhos. Tanto antes quanto depois de pronto, os pesquisadores testam os produtos nos próprios animais usados como cobaias.

Eles esfregam produtos químicos na pele raspada de coelhos, gatos, cachorros e até testam em seus olhos, no caso de produtos para os olhos, em seus cílios e nos olhos.

2. Quase 50% dos testes em animais são feitos em universidades

Grande parte dos testes com animais são feitos por indústrias de vários segmentos, mas, segundo o Lolwot, 49% dos ensaios com animais estão concentrados em universidades.

Grandes alvos dos protestos de militantes contra o uso de animais em testes de laboratórios são realizados em universidades.

3. É uma realidade diária e em números exorbitantes

A rotina de testes em indústrias, centros de pesquisas com animais é uma realidade com números exorbitantes. Segundo o Lolwot, são mais de 100 milhões de animais sendo testados e submetidos a químicas pesadas, dolorosas e testes de cosméticos no corpo e na pele. Os animais mais utilizados são os ratos, cães, gatos, coelhos e até macacos.

4. Métodos alternativos às pesquisas com animais são dispensados

Para testar o efeito dos produtos cosméticos sobre a pele humana, os pesquisadores possuem alternativas, como o uso de pele artificial e a recriação de células humanas, mas eles preferem fazer os testes em animais vivos.

5. Pesticidas matam cerca de 12.000 animais

Os pesticidas são os responsáveis pelas mortes de muitos animais enquanto ainda está em fases de teste e criação em laboratório. Só um experimento para criar um pesticida pode exigir até 50 testes de ensaio com animais, antes mesmo de ser vendido no mercado. Cada pesticida pode chegar a sacrificar a vida de até 12.000 animais.

6. Testes em animais não são úteis para produtos para humanos

Os testes realizados em animais voltados para produtos ou coisas para o uso humano acabam não sendo úteis. 92% dos medicamentos que são baseados em ensaios de testes em animais acabam falhando em ensaios de teste de seres humanos.

Fonte: Ultra Curioso
logomarca do portal meionorte..com