Casal troca alianças após homem ficar tetraplégico durante noivado

Brett se acidentou na festa de noivado feita na Flórida

O norte-americano Brett Greenhill, de 39 anos, sofreu um grave acidente enquanto nadava em sua festa de noivado em dezembro de 2016 que o deixou paralisado. Sua primeira reação foi a de tentar terminar o relacionamento com a noiva, Meg Alexander, de 30 anos, mas nove meses depois os doiss e casaram em uma cerimônia para 100 familiares e amigos próximos em Atlanta (EUA).

"Foi o dia mais empolgante e especial. Ainda mais depois de tudo o que aconteceu. Não havia uma pessoa que não estava chorando [na cerimônia]", Meg contou para a revista People.

Brett se acidentou na festa de noivado feita na Flórida. Ele estava jogando bola com os amigos e decidiu pular na água da praia para um mergulho, e foi Meg que notou seu corpo boiando, sem movimento. Levado de helicóptero para o aeroporto, Brett descobriu que havia fraturado uma vértebra e ficou sabendo que estava com o corpo paralisado do pescoço para baixo.

O casal havia acabado de enviar os convites quando a tragédia aconteceu, e Brett chegou a tentar terminar o noivado, dizendo a Meg que "ela não havia assumido esse tipo de compromisso". Mas ela não largou noivo, e os dois se casaram no início de setembro.

Desde o acidente, Brett apresentou sinais de recuperação, e já recuperou parte da força nos braços e pulsos, e existem a chance de que ele continue ganhando mobilidade. Seu objetivo é trocar a cadeira de rodas elétrica por uma manual, mas Meg contou que os dois também querem começar uma família em até dois anos. "Nós adoraríamos começar uma família em dois anos e construir uma casa que seja fácil para morar", ela declarou.


Fonte: Com informações da UOL
logomarca do portal meionorte..com