Cientista descobre espécie de ratazana 4 vezes maior que o comum

O animal chega a atingir quase meio metro de comprimento

Foi descoberto nas Ilhas Salomão, no Oceano Pacífico uma nova espécie de roedor que é quatro vezes maior que o comum. O animal chega a atingir quase meio metro de comprimento e vive entre as árvores se alimentando de castranhas que abre com seus dentes.

A publicação científica Journal of Mammalogy publicou o estudo sobre a nova espécie.

Outras oito espécies de ratazanas já fazem parte das Ilhas Salomão que fica a 1.800 km da Austrália. Mas, essa é a primeira descoberta em 80 anos.

Uma representação da nova espécie descoberta nas Ilhas Salomão (Crédito: Velizar Simeonovski/The Field Museum)
Uma representação da nova espécie descoberta nas Ilhas Salomão (Crédito: Velizar Simeonovski/The Field Museum)


A nova espécie foi chamada de Uromys vika já fazia parte do folclore da ilha e é da mesma família de ratos e camundogos (Muridae).

O rato recém descoberto tem um longo e escamoso rabo, que os pesquisadores acreditam que o ajuda a se agarrar quando passa de uma árvore para outra.

A espécie provavelmente será classificada de imediato como em perigo crítico de extinção devido à ameaça que sofrem da indústria madeireira. Cerca de 90% das árvores das ilhas já foram derrubadas.

Fonte: G1
logomarca do portal meionorte..com