Cinco montanhas brasileiras para você conhecer algum dia

Estas formações rochosas são incríveis

1. Monte Roraima (RR)

Nossa lista começa com uma das montanhas brasileiras mais conhecidas: o monte Roraima, situado na Serra da Pacaraíma, na tríplice fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana. Ele é um tepui, um dos tipos de formação geológica mais antigos que existem, cuja principal característica é o formato de mesa. Com quedas-d'água que conferem um aspecto de paraíso intocado, o cume do Roraima alcança 2810 metros de altura e, em seu interior, está a maior caverna de quartzo do planeta.

Monte Roraima (RR)

2. Pico Paraná (PR)

Despontando a quase 1,9 mil metros de altitude, o Pico Paraná, na Serra do Mar paranaense, é considerado o teto da região Sul do Brasil. A primeira equipe a alcançar o seu ponto mais alto realizou o feito em julho de 1941 e, lá de cima, teve o privilégio de admirar uma área da Mata Atlântica de beleza ímpar, que se mantém exuberante e preservada até hoje.

Pico Paraná (PR)

3. Dedo de Deus (RJ)

A ação do tempo e dos agentes naturais esculpiu nessa formação rochosa, localizada na região serrana do Rio de Janeiro, algo que lembra muito um dedo indicador apontado para o alto. Considerado o berço do montanhismo no Brasil, os 1,7 mil metros do Dedo de Deus foram escalados pela primeira vez em 1912, e a façanha o levou, inclusive, a estampar a bandeira fluminense.

Dedo de Deus (RJ)

4. Pico Desejado (ES)

A gente já te apresentou a Ilha da Trindade, o lugar mais distante da costa brasileira e o nosso primeiro território habitado a ver a luz do Sol. Nesse paraíso que emerge do meio do Atlântico Sul, fica o Pico Desejado, cujo cume está 620 metros acima do nível do mar. Acessível apenas para oficiais da Marinha e pesquisadores, do lugar é possível ter uma visão privilegiada de todas as formações rochosas dessa misteriosa ilha de origem vulcânica.   

Pico Desejado (ES)

5. Pedra Riscada (MG)

O último item da nossa lista fica em Minas Gerais, mais precisamente em São José do Divino — a cerca de 400 quilômetros de Belo Horizonte. A formação detém o título de maior monólito das Américas, ou seja, ela é a maior montanha formada por única rocha, com 850 metros de concavidade. Seu formato, além de garantir belas imagens, atrai escaladores experientes, instigados por subir a sua íngreme encosta.

Pedra Riscada (MG)

Fonte: Com informações do Megacurioso
logomarca do portal meionorte..com