Como o corpo reage ao horário de verão?

Como o corpo reage ao horário de verão?

O corpo humano leva de cinco a sete dias para se acostumar

Com a chegada do horário de verão, algumas pessoas não conseguem fazer com que o corpo se acostume com a nova rotina.

Segundo os médicos, o cansaço e a irritabilidade das pessoas com essa alteração no horário não é exagero ou “frescura”, como muitos podem imaginar. Os impactos são reais e podem gerar uma série consequências negativas enquanto nosso relógio biológico não se acostuma com a nova realidade.

O corpo humano leva de cinco a sete dias para se acostumar com as alterações que o horário de verão pode trazer. A principal interferência do horário de verão no corpo é com relação à nossa ordem temporal interna, que regula os ritmos de sono e temperatura de nosso organismo. Por este motivo, uma nova sincronização é tão importante.

A consequência maior que o horário de verão pode trazer é a sonolência durante o dia. Inclusive, a recomendação médica é de que as pessoas evitem dirigir por longas distâncias durante os primeiros dias da mudança no relógio.

Para se adaptar ao horário de verão, é se adiantar a ele, tentando dormir e acordar um pouco mais cedo todos os dias. Mas, caso você já não tenha mais tempo de se preparar para a mudança, o ideal é dormir com a janela aberta para que a luminosidade natural ajude você a despertar mais cedo.

Fonte: Segredos do Mundo
logomarca do portal meionorte..com