Conheça a mulher que quase morreu para se tornar uma boneca

Apesar do susto, ela diz que não vai parar de aumentar seus dotes

Amanda Ahola é de Jyväskylä, na Finlândia, e tudo que ela sempre quis na vida era virar uma boneca igual a Barbie. Para isso, ela gastou os tubos: só para aumentar os seios (coisa que ela fez três vezes), Ahola gastou quase R$ 65.000. Ela ainda gastou mais R$ 17,25 mil em plásticas no nariz, injeções de botox e preenchimento labial.

Ela tem 21 anos agora e, aos 18, começou a saga do crescimento dos seios — que parece não ter fim. Em entrevista recente, Ahola declarou que o céu é o limite para ela. Não importa o quanto ela fique grande, maior, para Ahola, é sempre melhor. O que ela quer com isso? Segundo ela, a intenção é ficar tão parecida com plástico quanto ela conseguir.

Para Amanda Ahola, a Barbie é o símbolo da perfeição e ela quer chegar o mais perto que puder desta perfeição. Amanda diz que, nas ruas, as pessoas a chama de “Barbie falsa”, mas ela fica feliz com isso — para ela, isso é elogio.

A última operação que ela fez para aumentar o tamanho dos seios foi a mais difícil e a mais fácil. Foi fácil porque ela não teve que pagar por nada. Ela arrumou um "patrocinador" que bancou a cirurgia e, embora o namorado dela (que se chama Aleksi) não tenha ficado nada contente com isso, Ahola não pagou nada. Esta última cirurgia também foi a mais difícil delas porque, durante o procedimento, ela quase morreu.






Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com