Conheça algumas curiosidades sobre a vida particular dos papas

Veja algumas regras sobre a vida dos Papas

1. Qual é a dos sapatinhos vermelhos?

O Vaticano afirma que os calçados carmesim – um tom de vermelho bastante forte – representam o sangue dos mártires cristãos. Porém, mesmo antes no nascimento de Jesus Cristo a cor já era vista como um símbolo de status para os romanos, uma vez que apenas os mais ricos conseguiam comprar os corantes fenícios para reproduzir os tons avermelhados, tanto que apenas os imperadores podiam usar essa cor.

Com o cristianismo, os papas e cardeais também aderiram ao uso da cor vermelha em suas vestimentas. Ao longo dos séculos, vários papas escolheram mudar essas tradições: João Paulo II usava sapatos marrons, Bento XVI voltou a ostentar os modelos vermelhos e com cruzes de ouro, enquanto Francisco opta quase sempre por sandálias e sapatos de couro.


2. Qual é o salário de um papa?

O Vaticano afirma que o papa não possui um salário determinado. Claro que não lhe falta nada, já que a Igreja Católica mantém uma vasta gama de serviços e pessoas à disposição do pontífice, mas ele não precisa ficar se preocupando em administrar a grana.

Diferente, por exemplo, de Bento XVI, que renunciou ao posto máximo do catolicismo e pediu uma pensão mensal que gira em torno e 2,5 mil euros – algo em torno de R$ 8,4 mil! E isso sem precisar pagar aluguel ou empregados, já que a própria igreja garante esses serviços ao papa emérito.


3. Papas podem ter animais de estimação?

O Vaticano não permite, em tese, a presença de animais nos quartos dos pontífices e dos cardeais. Mas ao longo da História a situação é um pouquinho diferente: Leão XII teria tido um gato e um cachorro, enquanto Pio XII teve um canário. Atualmente, existem rumores de que um cardeal possui um cachorro e que todos em Roma sabem disso.

Bento XVI era um amante declarado dos animais e tinha um gatinho em sua residência, antes de se tonar papa. Quando assumiu o posto, ele deixou o bichano, chamado Chico, com uma governanta. A vantagem de ele ter abdicado do papado é o fato de poder criar quantos animais quiser em sua casa.


4. Os papam podem ter barba?

As barbas estão cada vez mais na moda, e o Vaticano não tem nenhuma restrição contra ela. Mesmo assim, o último papa a ostentar a pelugem facial foi Inocêncio XII, que morreu em 1700! De lá para cá, todos preferiram se apresentar aos fiéis com a cara sempre lisinha.

A tradição romana prefere que o clero mantenha os pelos aparados, para que a barba não desrespeite o vinho (sangue de Cristo), mas essa não é uma imposição. Em 2013, o cardeal norte-americano Sean Patrick O’Malley era um dos favoritos a suceder Bento XVI, mesmo ostentando uma vistosa barba, que faz parte do visual dos freis capuchinhos, ordem da qual O’Malley é seguidor.


5. Papas tiram férias?

Sim, mas elas não são iguais à de todo mundo, regadas a margueritas, cruzeiros ou farofada na praia. Nos últimos 400 anos, os papas tiveram um recanto em Castel Gandolfo, a 25 quilômetros de Roma, para descansar durante o verão europeu. Nesse período, a maioria prefere colocar as leituras em dia, orar e escrever sermões.

João Paulo II foi um ponto fora da curva: ele praticava esqui, fazia caminhadas e jogava tênis! Já o papa Francisco resolveu abrir mão de seu período em Castel Gandolfo para ficar repousando no próprio Vaticano, abrindo as portas do templo de veraneio dos papas para visitação pública.


6. Os papas podem ver televisão?

Sim! E não apenas isso: o Vaticano possui uma pequena sala de cinema em seu interior, que foi construída dentro de uma antiga capela. O lugar ainda tem um catálogo com mais de 8 mil títulos, entre filmes e séries, à disposição do papa e de seus convidados. João Paulo II assistiu a “Ghandi” e “A Vida é Bela” nesse recinto.

Já o papa Francisco fez uma promessa à Virgem Maria e não assiste televisão desde os anos 1990. Sua maior tentação acontece quando o time de futebol San Lorenzo, da Argentina, entra em campo, mas ele pede que um dos membros da Guarda Suíça o mantenha informado sobre os resultados. Só que Francisco também tem uma lista de filmes preferidos, que incluem “A Estrada”, de Fellini, e “Roma, Cidade Aberta”, de Rossellini.


7. O que os papas comem? Eles bebem álcool?

Apenas o sexo, dentre os prazeres humanos, é totalmente proibido aos papas. Assim, eles podem comem e beber o quanto quiserem – tanto que existe a lenda de que Martinho VI morreu de tanto comer, em 1285. Atualmente, os papas montam sua própria equipe responsável por sua alimentação.

Francisco faz suas refeições junto com outros moradores do Vaticano, normalmente com alimentos mais equilibrados. Recentemente, porém, ele reclamou que não poderia mais comer uma pizza como antes. E mesmo o entrevistador sugerindo um delivery, Francisco explicou que isso não é o mesmo que ir a uma pizzaria.

Quanto a bebidas alcoólicas, não há nenhuma restrição, ainda que o pontífice saiba que não é muito aconselhável sair por aí enchendo a cara. Paulo VI adorava beber whisky com refrigerante, enquanto Bento XVI curte uma cervejinha. Já o papa Francisco prefere os vinhos, mas desde que sejam de qualidade.


8. Os papas dão escapadinhas secretas do Vaticano?

Personalidades do mundo do entretenimento e os políticos de grandes nações reclamam da falta de privacidade em suas vidas. O mesmo acontece com os papas, que têm suas rotinas monitoradas o tempo todo. Mesmo assim, as escapulidas sempre acontecem, e cada papa possuía uma motivação diferente para isso.

João Paulo II teria dado mais de 100 escapadas não programadas, quase sempre para viajar aos Alpes italianos em viagens não divulgadas. Bento XVI chegou a fazer uma visita-surpresa em uma exposição de arte pouco antes de assumir todas as funções do cargo. João XXIII se vestia de padre comum e dava altos rolês por Roma, auxiliando doentes e explorando a cidade.

Já o papa Francisco supostamente fez várias caminhadas noturnas por Roma, mas o Vaticano nega que isso tenha acontecido. O que não dá para esconder, entretanto, é a visita-surpresa que ele fez a uma ótica para refazer os seus óculos: ele quis reaproveitar a armação antiga e só atualizar as lentes, fazendo questão de pagar por elas.


Fonte: Megacurioso.com