Conheça alguns dos hábitos estranhos dos gênios

Conheça alguns dos hábitos estranhos dos gênios

Às vezes quanto mais inteligente, mais estranha é a pessoa

Os grandes gênios da humanidade, possuíam algumas características únicas e bastante peculiares. Pensando nisso, selecionamos algumas delas para você. Confira:

1. Nikola Tesla e suas preferências controversas

Tesla desenvolveu uma grande afeição aos pombos, principalmente no fim de sua vida. Ele de frequentemente levava pombos doentes para casa a fim de tratá-los.

Até aí tudo bem, até considerarmos que o gênio tinha algumas obsessões estranhas: apesar de amar os pombos ele tinha total aversão aos pelos e cabelos e também aos germes, de forma que lavava as mãos com muita frequência.

2. Sartre tinha medo dos crustáceos

Jean-Paul Sartre (1905 – 1980) tinha uma fobia estranha desde criança: um medo imensurável de uma pintura que retratava uma pata saindo do oceano e tentando capturar alguém.

Talvez por este motivo ou por razões desconhecidas ele então desenvolveu uma grande aversão aos frutos do mar. Registros partidos de Simone de Beauvoir relatam que certa vez, ao nadar na companhia de Sartre, ele teve um ataque de pânico em que gritava desesperadamente que um polvo gigante estava surgindo das profundezas para levá-lo para o fundo do mar.

3. Emannuel Kant e sua rotina inquebrável

Além de hipocondríaco, Kant seguia uma rotina fixa e inadiável. Sua rotina começava antes das 5 da manhã: ele acordava, tomava chá e fumava seu cachimbo. Em seguida escrevia até às 7h e dava aulas até às 11h.

Ao voltar para a casa ele escrevia mais até as 13h, almoçava e ia caminhar. De 1783 até 1804, o ano de sua morte, Kant fez sempre as mesmas coisas, nos mesmos horários, todos os dias. Seu caminho de rotina ficou conhecido como “The Philosopher’s Walk” (O Caminho do Filósofo), de tanto as pessoas o presenciarem ali.

4. Richard Feynman tinha hobbies estranhos

Ele foi conhecido por ser o pioneiro em estudos de eletrodinâmica quântica, ganhando inclusive o Nobel da Física em 1965. Todavia, Feynman tinha um hobbie nada usual: ele decorava todos os hieróglifos maias que podia e também era expert em abrir cadeados sem usar chaves.

Esperamos que isso o tenha ajudado de alguma forma, não é mesmo?

5. Leonardo DaVinci escrevia ao contrário

O mestre renascentista e pioneiro nos estudos em anatomia era considerado excêntrico por esboçar livros em escrita reversa com uma letra totalmente incompreensível e ainda por cima, reversa. Isso deu origem a diversas teorias da conspiração, que procuram entender o porquê dele ter feito isso.

6. Albert Einstein também era estranho

Além de bagunçar os cabelos para confirmar o que a época lhe dizia – que era um maluco, apenas por trazer conceitos a partir da Teoria da Relatividade, que quebraram muitos preceitos científicos amplamente aceitos até então – Einstein tinha um hobbie muito estranho e difícil até de imaginar: ele velejava sem vento.

Agora, não nos pergunte o porquê disso.

Fonte: Mistérios do Mundo