Conheça as pessoas que se deram mal por causa dos nudes

Conheça as pessoas que se deram mal por causa dos nudes

Uma funcionária anônima do Parlamento Suíço foi suspensa

Os famosos nudes podem trazer grandes problemas para as pessoas. Pensa que não? Selecionamos alguns casos de pessoas que tiveram problemas com essas fotos. Confira:

1. A maior empresa aérea do mundo também não se safou

Em 2014, a US Airways acidentalmente respondeu às queixas de um usuário do Twitter postando a foto de uma mulher nua com um avião de brinquedo apresentado em suas partes íntimas. Presumivelmente, o que aconteceu é que quem estava encarregado de manter a presença social da empresa aérea naquele dia, alegou querer denunciar a dita cuja imagem (o avião de brinquedo tinha o logotipo sobre ele) que apareceu direcionada à rede da empresa, no comentário acima do usuário. Embora a imagem ter ficado no ar, apenas por uma hora, ela acabou sendo extremamente printada e compartilhada. Pegou muito mal e a empresa aérea foi processada por alguns usuários do twitter, por conta do “equívoco”!

2. Suíça usando o twitter para tal funcionalidade

Uma funcionária anônima do Parlamento Suíço, chamada de “-A”, pela imprensa, foi suspensa de seu trabalho na Casa Federal de Berna, por twittar selfies nuas em uma conta privada no Twitter. Depois que ela foi pega, o jornal suiço “Newe Zuercher Zeitung” perguntou as razões pelo qual levaram ela a fazer isso e ela disse que foi por puro prazer, apesar do risco constante de seus colegas de trabalho descobrirem-na. O que acabou acontecendo, inevitavelmente.

3. Nem mesmo oficiais norte-americanos

Na sequência da divulgação das imagens, o Projeto de Supervisão do Governo, escreveu uma carta à então Secretária de Estado, Hillary Clinton, discutindo os rituais e trotes dos guardas de tal departamento, dizendo que existiam práticas controversas como “lamber uns aos outros”, “simularem sexo oral entre si” e coisas do tipo. Sendo assim, eles foram demitidos e substituídos por um novo grupo para essas respectivas funções.

4. A vigilância acaba não perdoando nem as celebridades

A cantora de Barbados, Rihanna, sempre foi conhecida pela sensualidade à flor da pele. Mas o Instagram, rede social de compartilhamento de fotos, resolveu implicar com a cantora e bani-la da rede. Só por conta de sua foto, que era a reprodução da capa da Revista francesa Lui, onde ela aparecia com os seios de fora. 5 meses após a lei agir sobre o Instagram de “Rihrih”, ela acabou retornando. Foi quase uma detenção!

5. E quando a orientação escolar, está com a cabeça em outro lugar…

O diretor e o orientador da escola Granby Memorial Middle School, no estado norte-americano de Connecticut, nos Estados Unidos, ao postarem vídeos pornográficos em um site de entretenimento online adulto, não imaginavam que isso “vazaria” para a imprensa local. Bem, eles não foram necessariamente detidos, pois não é ilegal a pornografia em si, mas eles foram suspensos e retirados de seus cargos por um tempo por conta desse “mau exemplo”.

Fonte: Ultra Curioso
logomarca do portal meionorte..com