De onde surgiu o costume de cruzar os dedos em sinal de boa sorte?

Sinal teria surgido junto com o Cristianismo

Você já deve ter visto incontáveis vezes as pessoas cruzando os dedos, seja para desejar boa sorte para alguém ou para atrair um pouco dela para si. Mas você sabe qual é a origem desse gesto curioso? De acordo com o mental_floss, além de ser um dos sinais mais reconhecidos no mundo ocidental, o ato de cruzar os dedos para indicar boa sorte tem uma história bem antiga e um pouco incerta.

Segundo a matéria, existem algumas explicações possíveis associadas ao surgimento do gesto. Uma delas seria de que o sinal começou a ser usado pelos antigos povos pagãos do oeste europeu antes do surgimento do cristianismo. De acordo com suas crenças, as cruzes tinham um forte simbolismo, já que as interseções serviam para marcar uma concentração de bons espíritos e para “guardar” um desejo até que ele se tornasse realidade.

Evolução

Com o tempo, esse costume de fazer pedidos sobre uma cruz evoluiu, e os antigos pagãos começaram a formar interseções posicionando o dedo indicador sobre o indicador de outra pessoa, que estava ali para dar uma forcinha ao pedido. Eventualmente, esses povos se deram conta de que não precisavam “emprestar” os dedos de ninguém para fazer seus desejos, cruzando o dedo indicador de uma mão sobre o da outra.

Isso até que alguém teve a ideia de cruzar os dedos indicador e médio e fazer o gesto usando apenas uma das mãos, dando origem ao gesto que todo mundo conhece. Já a segunda possível explicação se refere aos primórdios do cristianismo, quando os fieis eram perseguidos por praticar essa religião.

Para poder reconhecer uns aos outros, os cristãos desenvolveram uma série de gestos feitos com as mãos, dentre os quais o “Ichthys”, um símbolo em forma de peixe muito utilizado pelos seguidores do cristianismo. Para exibir esse sinal com as mãos, os fieis uniam os polegares e cruzavam um indicador sobre o outro, mas daí para o gesto atual, não se sabe ao certo como é que a evolução aconteceu. Nem como é que a sorte acabou sendo associada ao sinal.

Curiosidades

Por último, a matéria do mental_floss também menciona que o gesto usando apenas uma das mãos pode ter surgido durante a Guerra dos Cem Anos, pois aparentemente os soldados faziam esse sinal para cair nas graças de Deus e ter sorte durante as batalhas. Vale lembrar que algumas culturas também cruzam os dedos quando contam alguma mentira para minimizar o “pecado”!

Neste caso, existem ainda menos evidências sobre a origem do costume. Mas, segundo o Today I Found Out, uma das teorias é que foram os antigos cristãos quem inventaram esse uso para os dedos cruzados. Como você sabe, um dos 10 mandamentos se refere à mentira, “não levantar falsos testemunhos”, lembra? Assim, acredita-se que os cristãos começaram a cruzar os dedos como forma de proteção contra a ira de Deus quando mentiam.

Os 10 mandamentos (Crédito: Reprodução)
Os 10 mandamentos (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Megacurioso
logomarca do portal meionorte..com