Descoberto uma nova espécie de orangotango na Indonésia

Ele é um dos símios mais ameaçados do mundo

Uma nova espécie de orangotango foi descoberta ao norte de Sumatra, na Indonésia, segundo um estudo publicado na revista científica "Current Biology". Mas o reduzido número de integrantes faz deste um dos símios mais ameaçados do mundo

Atualmente, de acordo com os biólogos, são reconhecidas seis espécies de grandes macacos: orangotangos de Sumatra e Borne, gorilas do leste e oeste, chimpanzés e bonobos. E, agora, o Pongo tapanuliensis ou orangotango de Tapanuli.

Os pesquisadores estimam que a comunidade dessa nova espécie seja formada por 800 integrantes, que vivem em uma área de 1.000 quilômetros quadrados. "É preocupante que esta espécie esteja sob tanta ameaça. Temos caça, há uma mina de ouro e existe uma hidrelétrica planejada na região em que esses orangotangos vivem", disse Serge Wich, professor de biologia de primatas da Universidade Liverpool John Moores, na Inglaterra, e co-autor da pesquisa.


O estudo apontou diversas características que, segundo os especialistas, fazem dos orangotangos de Tapanuli uma espécie distinta. A equipe comparou o crânio e os maxilares de um adulto da nova espécie com a de outros 33 orangotangos.

A comparação identificou diferenças em inúmeras métricas - incluindo que o crânio do macho Tapanuli, que é menor que o dos indivíduos das outras duas espécies. Os autores também analisaram as características dos indivíduos vivos, bem como os genomas de orangotangos de Borneo e Sumatra.

"Fiquei surpresa sobre de como os orangotangos Tapanuli diferem geneticamente, morfologicamente, bem como comportamentalmente dos orangotangos de Sumatra e Bornean", ressaltou Marina Davila-Ross, outra co-autora do estudo, da Universidade de Portsmouth.

Fonte: Uol
logomarca do portal meionorte..com