Enfermeira faz dança e tira roupa para homem de 100 anos em asilo

A enfermeira foi demitida e presa por agressão sexual a incapaz

Uma enfermeira identificada como Brittany Fultz, 26 anos, foi filmada ao fazer uma dançá erótica para um paciente de 100 anos no asilo The Commons of Providence, na cidade de Sandusky, estado de Ohio (EUA).

O vídeo foi gravado em dezembro do ano passado, mas só vazou esta semana. A jovem foi demitida da instituição e presa e indiciada por agressão sexual a incapaz e maus-tratos.

A enfermeira foi gravada por uma colega de trabalho que usou um celular para fazer as imagens.

Na filmagem, Brittnay aparece em frente a cama do idoso, que sofre de demência, se insinuando: "Posso mostrar algo novo para você". Ela se inclina e rebola como se estivesse num club de strip: "Você sabe o que eu estou fazendo", pergunta ao paciente.

Em seguida, a enfermeira baixa as calças, chega a esfregar as pernas no corpo do idoso, acaricia os seios e diz sarcástica: "Você vai me pagar quanto pelo show?" e zomba: "Eu sou uma garota. Sabe o que isso quer dizer?"


O vídeo gravado tem duração de 1 minuto e teve milhões de visualizações, chegando a ser reportagem de emissoras americanas.

A amiga da enfermeira ainda não foi indiciada como cúmplice e a polícia diz que ela cooperou com as investigações. Mas, a colega também foi demitida do asilo.

Os advogados que defendem a enfermeira alegam que ela só "queria fazer uma brincadeira". "Ela não queria ofender o paciente. Estava querendo animá-lo", afirmou um dos advogados.

O diretor executivo do asilo, Staci Lehmhuhl, disse que a instituição não fará declaração sobre o episódio e afirmou que a enfermeira "teve comportamento totalmente inapropriado e cruel e por isso teve seu contrato encerrado".


A detetive policial Anthony Bath afirmou que o vídeo é "pertubador". "A enfermeira provoca alguém que precisa de cuidados e está sofrendo", completa afirmando que "é absurdo, ofensivo e assustador o que uma pessoa designada para cuidar de alguém tenha esse tipo de conduta".



Fonte: r7
logomarca do portal meionorte..com