Fazer sexo em um hotel é opção para agitar relação morna,diz estudo

Estudo publicado recentemente pelo “Archives of Sexual Behaviour”

De acordo com um estudo publicado recentemente pelo “Archives of Sexual Behaviour”, fazer sexo é um hábito cada vez menos frequente para americanos. A pesquisa que foi realizada nos Estados Unidos, coletou dados sobre a vida sexual de 26 mil pessoas ao longo de mais de duas décadas. Os resultados apontam que, entre 2010 e 2014, parceiros que vivem juntos transaram 16 vezes menos do que entre 2000 e 2004. Além disso, no período que vai de 1995 até 1999, transar era nove vezes mais frequente do que nos dias atuais.


São muitos os fatores que podem fazer com que o relacionamento dê uma esfriada e é natural que após muito tempo juntos, os parceiros não sintam mais tanta vontade de fazer sexo ou percam o tesão. De acordo com especialistas, uma das formas de recuperar a paixão e ter uma noite incrível pode ser bem simples: basta ir a um hotel.

Por que hotéis são excitantes?

Ao veículo britânico “Daily Star”, a psicoterapeuta e especialista em relacionamentos Fran Walfish explica o motivo pelo qual um hotel pode proporcionar uma das melhores noites da vida em casal. “Ir a um hotel meio que te permite colocar todas as preocupações, medos e estresses em uma caixa e metaforicamente deixá-la para trás em casa. Quando você escapa do estresse, fica mais relaxado e mais propício a se empenhar com o parceiro”, afirma a especialista.

Além de livrar a mente de questões que provocam estresse e ansiedade, o ambiente de um hotel pode influenciar o clima entre o casal, já que garante privacidade (ainda que você saiba que outros casais em outros quartos também podem estar fazendo sexo).

De acordo com algumas pesquisas, transar em hotéis também pode gerar uma descarga de dopamina no corpo, aumentando a sensação de prazer. Isso acontece porque novos ambientes são excitantes, estar de férias é relaxante e fazer sexo com a combinação desses dois fatores é essencial para uma boa transa.



Fonte: iG