Fóssil de 'dragão marinho' é encontrado na Índia

Estima-se que o animal tivesse 5,5 metros

Pesquisadores encontraram no vilarejo Lodai, na Índia, o esqueleto de um 'dragão do mar' do período Jurássico. É a primeira vez que um réptil marinho da ordemichthyosaur é descoberto no país. Os cientistas acreditam que a espécie seja da família Ophthalmosauridae. Uma particularidade descoberta pelos cientistas é que o animal contava com olhos extremamente grandes.

O fóssil está bem preservado e só estão faltando algumas partes da frente e da cauda. Estima-se que ele tenha 5,5 metros de comprimento.

"Pudemos deduzir padrões de desgaste nos dentes dele que indicam que ele era um predator do topo que comia alimentos abrasivos, moluscos, peixes e possivelmente outros répteis marinhos", disse um dos pesquisadores envolvidos na descoberta. 

Fóssil de 'dragão marinho'  (Crédito: Reprodução)
Fóssil de 'dragão marinho' (Crédito: Reprodução)

Alguns especialitas apontam que a família Ophthalmosauridae existiu entre 165 e 90 milhões de anos atrás, mas há pesquisadores que estimam que eles viveram na Terra entre 152 e 157 milhões de anos. 

Durante a escavação na região era esperado encontrar apenas pequenos fragmentos de ossos e a descoberta foi totalmente inesperada. O achado pode ajudar os estudiosos a traçar o quanto os ichthyosaurus evoluíram.  

"Há a possibilidade que eles se moveram da [atual] Europa, India Ocidental, Madagascar e América do Sul", disse Prasad. "Esse é um processo conhecido como mudança da fauna."

Fonte: Com informações da Revista Galileu
logomarca do portal meionorte..com