Gato de rua vira suspeito em caso de assassinato

Não se sabe o que farão com o suspeito caso ele seja o assassino

A investigação do assassinato de uma aposentada levou a polícia japonesa a um bizarro suspeito: um gato de rua. Mayuko Matsumoto foi encontrada pela filha em casa na última segunda-feira (6), com cortes no rosto e sangramento severo. A idosa morava em uma casinha numa região montanhosa no sul do Japão.

A polícia então começou a investigar a causa dos cortes. Alguns eram muito profundos. "Quando a encontramos, tinha sangue cobrindo tudo acima do queixo", disse a filha. — O rosto dela estava encharcado de sangue. Não sabemos o que aconteceu!

A investigação não encontrou sinais de pessoas entrando ou saindo da casa no intervalo de tempo da morte de Matsumoto. A aposentada tinha 82 anos de idade, não conseguia falar, e precisava de cuidados especiais. Depois de muita investigação, os legistas perceberam que os cortes se pareciam muito com arranhões de gato.

A polícia então voltou seus esforços aos gatos de rua da vizinhança, na esperança de encontrar o assassino. Depois de um tempo de busca, encontraram um bichano com traços de sangue humano nos pelos e nas garras.

"A polícia está investigando o sangue para descobrir se de fato pertence à senhora Matsumoto", segundo um relatório oficial.. Não se sabe o que farão com o suspeito caso ele seja de fato o assassino.


Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com