Holanda obriga motoristas a abrir a porta com a mão direita

Gesto simples força motorista a olhar para trás evitando acidentes

Não é exagero dizer que a Holanda é o país das bicicletas. Por lá, os ciclistas não só são respeitados como têm preferência total no trânsito em meio a carros, bondes e ônibus, possuindo até leis criadas especialmente para eles. Calcula-se que o país tem mais bicicletas do que habitantes, seriam 18 milhões de biciletas para uma população de 17 milhões de pessoas.

O lado ruim da superpopulação das “magrelas” é o aumento no número de acidentes entre bikes e carros, mesmo em se tratando de uma nação com 35 mil quilômetros de ciclovias. As autoescolas holandesas estão tentando solucionar esse problema de uma maneira criativa: orientando seus alunos a abrir a porta do carro sempre com a mão do lado oposto.

Para sair do carro, em vez de pegar a maçaneta com a mão esquerda, os futuros motoristas são treinados a usar a mão direita. O simples gesto força o corpo a se virar, ajudando a criar o hábito de olhar para trás ao abrir a porta, aparentemente, o uso do retrovisor não seria suficiente para evitar esse tipo de acidente.

No exame final para tirar a habilitação, além de respeitar todas as leis de trânsito e realizar as manobras necessárias, todos os holandeses devem fazer o gesto de maneira natural, sem que o examinador precise chamar a atenção para o fato. Caso contrário, o aluno é reprovado.

No Brasil, o costume sem dúvida também seria bem vindo: além das bicicletas, os motociclistas e condutores em geral certamente poupariam acidentes e gastos com seguros e consertos de portas.

Fonte: Com informações da Quatro Rodas
logomarca do portal meionorte..com