Homem é condenado após usar fita para fechar focinho de cão

O caso ganhou notoriedade após imagens da cachorra sairem na web.

Um americano da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, foi preso recentemente e condenado a cinco anos de reclusão após usar uma fita adesiva para fechar a boca de seu cachorro, desfigurando o rosto e língua do animal.

Segundo informações da organização de resgate a animais em situação vulnerável "Charleston Animal Society", o caso ocorreu em 2015 e chegou a conhecimento das autoridades do país após uma denuncia anônima contra William Leonard Dodson, dono da cadela e responsável pelo crime.

O caso ganhou notoriedade após imagens da cachorra, um Staffordshire Terrier, viralizarem nas redes sociais mostrando o nimal amarrado pelo focinho e com feridas onde a fita teve contato com a pele. Após ser resgatada, ela precisou passar por diversas cirurgias e perdeu parte de sua língua.

William Leonard Dodson foi condenado na última sexta-feira, dia 24 de março, a cinco anos de prisão, além de outros 15 por porte ilegal de arma.

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do Uol
logomarca do portal meionorte..com