Homem tem pênis cortado por colega após fumar ao lado dele

O colega dele, que cometeu o crime, disse “não gostar de cigarro”.

O mecânico Eduard Assylov, de 37 anos, foi morto com requintes de crueldade após fumar ao lado de um colega que "não gostava de cigarro".  O caso aconteceu na Rússia e ganhou as páginas dos principais jornais mundo afora. A vítima teve o corpo desmembrado, inclusive o órgão genital cortado.

Segundo reportagem do site Daily Mail, os dois moravam em um apartamento e o crime teria ocorrido após a vítima fumar bem próximo do colega que não gostava muito de cigarros.

O homem, não identificado, tirou a vida de Assylov e cortou seu pênis. “No total, Assylov foi atacado 40 vezes antes de ser desmembrado”, disse uma fonte oficial da polícia russa.

Na internet, muitas pessoas se mostraram chocadas com o assassinato. “Eu achava que era a única que odiava fumantes, mas agora vejo que estava errada. Nunca imaginei que poderia sentir pena de um deles”, postou uma internauta. 

Eduard Assylov (Crédito: Daily Mail  )
Eduard Assylov (Crédito: Daily Mail )



Fonte: Com informações do IG/O DIA
logomarca do portal meionorte..com