Homem mantém corpo da namorada em armário por mais de um ano

Andrew Reade, de 43 anos, agiu normalmente pelos 14 meses

Um homem em Manchester, na Inglaterra, manteve o corpo da namorada por mais de um ano escondido dentro de um armário em sua casa e nenhum amigo ou parente próximo notou. 


Andrew Reade, de 43 anos, agiu normalmente pelos 14 meses que guardou o corpo e chegou até mesmo a convidar vizinhos para jantar na casa e assistir a jogos de futebol. Quando questionado sobre a namorada, Victoria Cherry, de 44 anos, o homem costumava dizer que eles haviam terminado e que Victoria se mudara da casa. 

Segundo a publicação, Andrew afirmou que o cheiro forte de "cachorro" que vinha da casa era por conta de um dos quartos que havia sido ocupado por uma senhora idosa que morou na casa antes dele. 

Victoria estava desaparecida desde outubro de 2015 quando eles "supostamente terminaram". Os policias encontraram seu corpo durante uma batida policial em janeiro deste ano à casa. Reade foi preso e confessou o crime. Não se sabe, contudo, o que motivou e de que forma ocorreu o assassinato devido o estado de decomposição do corpo.  

"O período de tempo em que o corpo permaneceu no armário tornará os testes patológicos mais difíceis", explicou Timothy Stead, juiz responsável pelo caso. Enquanto estiver em prisão provisória, o homem deverá passar também por testes psiquiátricos. 

Fonte: Com informações da UOL
logomarca do portal meionorte..com