Homem tatua seu gato após anestesiá-lo e causa revolta na web

Ele já fez pelo menos quatro tatuagens no seu gato da raça sphynx

Um homem identificado como Aleksandr, que mora na cidade de Yekaterinburg, no centro da Rússia já fez pelo menos quatro tatoos em seu gato de raça sphynx (conhecido por não ter pelos).

O tatuador, ao conceder entrevista para o site Life.ru, disse que precisar deixar o felino anestesiado para poder fazer os desenhos. "“É claro que sinto pena ao fazer isso com ele. Não é algo que ele queira fazer por conta própria. Ele tem uma pele diferente, então, as tatuagens são aplicadas de forma diferente”, diz Aleksandr.

O gato do tatuador tem o nome de Demon e as tatuagens dele estão relacionadas ao universo "gangsta"(mafioso) como cartas de baralho e cigarro, nas costas e nas laterais e de seu corpo. “Espero que não seja ruim para ele, mas, não é sua primeira tattoo. Normalmente, ele se sente bem após a sessão e se recupera rapidamente da anestesia”, completa o tatuador russo.


A ativista Elizabeth Skorynin, dona de um centro de reabilitação de animais, explicou em uma entrevista ao site americano BoredPanda, que a pele dos gatos da raça sphynx é muito sensível e que qualquer arranhão gera dor e desconforto. Ela revela ainda que a anestesia fal mal para o felino e costuma causar a morte em 50% dos animais que recebem esse medicamento.

A atitude do tatuador russo tem causado revolta e indignação nos internautas. Após as imagens serem divulgadas no Facebook, a publicação do site Life.ru teve muitos comentários negativos. “Pobre gato! Como você pode ser tão cruel?”, critica a usuária Andrea jane Graham na rede social de Mark Zuckerberg. “Um animal não pode consentir uma tatuagem”, diz Ryan Tabatabai. “É uma crueldade! Ele devia ser preso por maus-tratos contra o animal”, reclama a internauta Deborah Campbell James. “Eu não sou um ativista dos animais, mas existem algumas questões neste caso. O gato não tem satisfação pelo ‘produto’ finalizado. Ele não se olha no espelho e fica feliz com o que vê, ou ‘sai mostrando’ para outros gatos. A satisfação é do tatuador”, aponta John Lin.


Fonte: olharanimal.org
logomarca do portal meionorte..com