Idoso mantém planta dentro de garrafa e não a rega há 45 anos

O que não mudou nesse tempo todo foi a incidência da luz do sol

Em 1960, o britânico David Latimer teve uma ideia meio sem noção. Qual a chance de um jardim ser cultivado, e sobreviver, dentro de um garrafão de vidro? Mais de 50 anos depois, a planta cresceu e muito dentro do garrafão.

David, hoje com 82 anos, conta que a ideia lhe ocorreu pela primeira vez pois queria encontrar uma utilidade para a garrafa, e que deu início a plantação de Tradescantia na páscoa de 1960. Passado todo esse tempo, as plantas seguem crescendo. Pelos primeiros 12 anos, o inglês decidiu mantê-la totalmente fechada e intocada dentro do recipiente. Em 1972 foi a primeira e última vez que ele decidiu abri-la e jogou um pouco de água lá dentro. O que não mudou nesse tempo todo foi a incidência da luz do sol. 

Idoso mantém planta dentro de garrafa e não a rega há 45 anos
Idoso mantém planta dentro de garrafa e não a rega há 45 anos


Mas como elas se manteram molhadas? A água colocada umidificou o ambiente fechado, criando uma espécie de chuva. A bactéria no composto transforma o oxigênio em monóxido de carbono, completando o processo.

Fonte: Com informações do Dá pra acreditar