Jovem tem crise de ciúme e ataca colega de classe com ácido

A investigação mostrou que Emily pesquisou na internet.

A jovem britânica Emily Bowen, de 18 anos, foi condenada a um ano e nove meses de prisão após despejar ácido sulfúrico dentro da maleta do violão de sua colega de classe, Molly Young, e provocar sérios ferimentos nas pernas da vítima.

Assim que Molly, que faz parte da orquestra da escola, abriu a maleta para retirar o instrumento, o líquido caiu em suas pernas provocando muita dor e queimaduras graves. De acordo com a polícia, Molly teria sido atacada por estar saindo com o ex-namorado de Emily.

A investigação mostrou que Emily pesquisou na internet sobre ataques com ácido antes de atacar a colega. O detetive Michael O'Grady descreveu o crime como "completamente cruel". "Você pesquisou esse assunto e deve ter visto as consequências horrorosas desse ato", disse a garota. "Você deixou uma jovem sofrer um terrível ataque e ela ficará física e mentalmente marcada para o resto da vida", completou.

Além de planejar esse ataque, Emily escreveu uma carta com a assinatura de Molly dando a entender que a vítima queria se suicidar. Acredita-se que a ideia era justificar as ações e se livrar de qualquer acusação.

O advogado de defesa de Emily, que confessou o ataque, afirmou que a garota foi diagnosticada com autismo e depressão. A corte, no entanto, declarou que não irá tolerar crimes de ataque com ácido.

Além dos 21 meses na prisão, Emily deve ficar ao menos cinco anos sem entrar em contato com Molly.


Fonte: Com informações do Uol
logomarca do portal meionorte..com