Jovem tenta fazer selfie em segundo andar de prédio, cai e morre

"Minha sobrinha morreu em um terrível acidente", disse a tia.

Quase todos os passos da vida de Toni Kelly eram documentados em fotos, tiradas por ela mesma. Viciada em selfies, a neozelandesa teve um destino trágico: morreu ao cair de uma janela no segundo andar de um prédio ao tirar uma selfie. 

Moradora de Whanganui (Nova Zelândia), Toni estava em Londres (Inglaterra) participando de um programa de ensino.

"Minha sobrinha morreu em um terrível acidente. Todos sentirão falta dela", escreveu Sharon Kelly, tia da vítima, em rede social, segundo reportagem do "Metro".

Os pais de Toni, que moram em Melbourne (Austrália), foram a Londres para cuidar dos detalhes para o traslado do corpo. Um financiamento coletivo foi aberto on-line para cobrir os custos.

Toni Kelly (Crédito: Reprodução)
Toni Kelly (Crédito: Reprodução)






Fonte: Pagenotfound
logomarca do portal meionorte..com