Lista traz empregos do futuro: Curador de memórias e conversador

Detetive de dados é um dos que mais chama atenção. Confira!

Já se sabe que máquinas cada vez mais inteligentes serao capazes de desempenhar funções profissionais que hoje estão nas mãos de humanos. Mas isso não significa que não haverá mais empregos – e sim que as carreiras sofrerão verdadeira revolução.

A partir de pesquisas e publicações de consultorias especializadas, o site Business Insider fez uma lista de empregos “estranhas” que provavelmente serão comuns no futuro

Empregos do futuro
Empregos do futuro


1. Detetive de dados

Com o crescimento diário de dados coletados, esse profissional será o responsável pela curadoria, verificação e busca de insights relevantes a partir daquilo que a tecnologia é capaz de descobrir. Isso vale tanto para melhorar serviços, como a Alexa, como para vender produtos com marketing cada vez mais personalizado.

2. “Conversador”

O aumento da expectativa de vida gerará um grupo de idosos possivelmente solitários. Essa profissão será responsável por fazer companhia e passear com esses idosos quando necessário.

3. Analista de cidades inteligentes

Conectar elementos nas cidades inteligentes facilitará a circulação, mas será necessário acompanhar o andamento dessas tecnologias. Todos os sensores precisam estar em pleno funcionamento, bem como as tecnologias de coleta de lixo humano. O analista de cidades inteligentes cuidará de tudo isso.

4. Controlador de espaço aéreo para drones

Drones são perigosos, e em beve precisarão não apenas de regulamentação própria, mas de controle aéreo especializado em tempo real.

5. Gestor de negócios em inteligência artificial

Existe uma coisa que a Inteligência Artificial não consegue fazer sozinha: vender a si mesma. Esse profissional seria contratado de empresas desenvolvedoras de software de inteligência artificial, e seria o responsável por essa parte.

6. Conselheiro de comprometimento fitness/de saúde

Embora aplicativos e wearables ajudem a manter a população alerta a respeito da obesidade e sedentarismo, especialistas acreditam que a tendência é que a necessidade de apoio profissional siga aumentando. Isso porque o comprometimento com uma rotina saudável é mais provável quando há pressão humana.

O mesmo vale para consultas médicas. Profissionais irão à porta dos clientes para aplicar a tecnologia de maneira diagnóstica.

7. Corretor de dados pessoais

Enquanto empresas como a Amazon e o Google batalham para obter o máximo de dados possível das pessoas, coletando e revendendo com lucro, haverá profissionais especializados em monitorar novas descobertas nesse sentido e garantir que pessoas físicas recebam o dinheiro que merecem por essa venda.

8. Gestor de diversidade genética

Além da diversidade racial e de gênero, empresas buscarão um equilíbrio genético entre seus funcionários para garantir uma boa mistura que otimize os negócios.

9. Facilitador de TI

Organização de hackathons, educação de funcionários a respeito dos sistemas das empresas e aplicação de sistemas de inteligência artificial serão algumas das funções desses profissionais, que poderão ser contratados pontualmente, como um Uber.

10. Curador de memórias

Saúde mental se tornará ainda mais importante conforme cresce a expectativa de vida. Esse profissional será responsável por fazer uma curadoria de memórias e experiências, mantendo apenas o necessário e o agradável no cérebro de seus pacientes.

11. Diretor de confiança

Transações digitais aumentarão exponencialmente a necessidade de transparência em instituições financeiras. Ao mesmo tempo, é necessária extrema segurança e atenção a movimentações suspeitas. Esse profissional saberá manter longe tudo o que for ameaçador e, ao mesmo tempo, convencer os clientes da integridade das operações financeiras dessas empresas.

Fonte: Infomone
logomarca do portal meionorte..com