Mãe descobre câncer e decide trocar marido por amor de infância

Mulher foi diagnosticada e decidiu mudar radicalmente de vida

Natalie Whiteside, de 45 anos, de Wythenshawe, Reino Unido, foi diagnosticada com um tumor cerebral depois de sofrer uma convulsão enquanto estava grávida de seu segundo filho. Médicos disseram a ela que o câncer era terminal e que teria apenas cinco anos de vida. Seis anos depois, ela ainda está viva. Mas com um outro companheiro.

A notícia sobre o câncer mudou fez com que ela mudasse o estilo de vida — e a vida amorosa também. Dois anos depois, ela tomou coragem para terminar seu casamento. Segundo a britânica, a relação já estava arruinada. "Pensei: se eu vou morrer, não quero viver assim. Nós nos separamos", contou. Em seguida, iniciou um relacionamento com o amor de infância, David Brown, de 44 anos.

— Os médicos disseram que não há cura, mas eu teria a quimioterapia que poderia me dar alguns anos . Natalie passou pelo tratamento, mas não fez nenhuma cirurgia. Ela diz que chegou a planejar seu funeral: "Quero que seja um dia realmente positivo, a celebração da minha vida. Mas não pretendo ir logo".

Ela agora mora com David e os dois filhos, Harriet, 11, e Bridget, 6, de seu relacionamento anterior. — Me deram cinco anos de vida, mas ainda estou aqui, mesmo seis anos depois. Quero viver todos os dias como se fosse o meu último.


Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com