Mãe gera polêmica após dizer que torce pela morte do filho; entenda

A mulher revelou que torcia para que tivesse alguma complicação.

Um desabafo chocante na rede social anônima Reddit causou o espanto dos usuários. Uma mulher com o nome ‘dislikemythird’, disse que se sente muito mal por odiar o filho mais novo.

Na postagem, ela afirma que tem duas meninas, uma de 6 e outra de 8 anos. E o mais novo, um garoto de três anos que veio de uma gestação não planejada por conta da falha de um anticoncepcional. A mensagem foi deletada rapidamente, mas jornais britânicos conseguiram guardar.

A mulher revelou que torcia para que tivesse alguma complicação séria, que causasse um aborto espontâneo, e tinha que disfarçar quando a parabenizavam pelo novo filho. Na 36ª semana, a mulher foi demitida do trabalho e, “graças ao bebê”, hoje tem um emprego que odeia.

 (Crédito: Ilustração)
(Crédito: Ilustração)


O caçula foi visto como um fardo desde o início. “Durante um período, se ele tivesse morrido enquanto dormia, eu e meu marido teríamos ficado aliviados”, conta. Atualmente, ela diz que só cuida do garoto porque “é obrigada” e que não tem interesse quando o menino fala com ela. “Quando ele me abraça, não sinto nada”, diz a mãe, que admitiu ter procurado tratamento mais de uma vez para tentar solucionar o problema.

A usuária anônima reforçou que se sente muito mal e culpada por ter esse comportamento. Ela pedia ajuda a outros frequentadores do fórum para mudar sua realidade.

Fonte: Com informações do Metropoles
logomarca do portal meionorte..com