Mais de 20 mil pessoas participam de Guerra de Tomantes na Espanha

Cerca de 160 toneladas de tomates foram disponibilizados

Mais de 20 mil pessoas participaram nesta quarta-feira (30/08) da tradicional guerra de tomates na cidade espanhola de Buñol. Aproximadamente 160 toneladas do fruto foram disponibilizadas para a edição deste ano do festival Tomatina.

Os participantes, muitos vestindo apenas roupa de banho e óculos de natação, jogaram tomates uns nos outros durante horas. Chuveiros públicos foram disponibilizados para os foliões.

A segurança no festival foi reforçada neste ano, após os recentes atentados terroristas na Catalunha, e contou com 740 policiais.

Guerra de tomates acontece desde 1945 (Crédito: Reuters/H. Kalis)
Guerra de tomates acontece desde 1945 (Crédito: Reuters/H. Kalis)


O festival, considerado a maior guerra de comida do mundo, é celebrado há 72 anos. A tradição teve início em 1945, quando jovens pegaram tomates de uma barraca e jogaram durante um festival local. Durante mais de uma década, o ditador Francisco Franco tentou acabar com a luta de comida. Sem sucesso, ela foi legalizada em 1957.

Em 2002, a secretária de turismo da Espanha declarou a Tomatina com uma festividade de interesse turístico internacional.

Buñol, uma cidade de 10 mil habitantes, começou a cobrar uma taxa de participantes não-residentes em 2013 para tentar reduzir o número de foliões que chegou a 50 mil pessoas.

O festival inspirou celebrações semelhantes na Colômbia, Costa Rica, Chile e Estados Unidos.

Fonte: msn