Mania de cachorro em subir no telhado, chama atenção nos EUA

Cãozinho não parava de subir no telhado e os vizinhos se preocupam

É comum muitos pets terem determinados hábitos, que depois de um certo tempo são difíceis de serem superados. Atos como comer o pé da mesa, brincar com o sapato do tutor ou destruir uma tigela, devem tentar ser combatidos, já que podem causar danos ao lar e ao animal. Mas uma mania de cachorro que não prejudique nem a ele nem ao ambiente não tem porque ser combatida - e pode até ser saudável.


Foi isso que aconteceu com um cãozinho, que vive com uma família, no Texas, nos EUA. Ele tinha uma típica mania de cachorro de subir no telhado e ficar por lá, admirando a vista. Isso preocupava as pessoas que passavam. Todo mundo achava que os tutores não sabiam que o pet estava ali e tentavam sempre avisar a família.

Cansados de responder aos avisos das pessoas da rua, os tutores resolveram fazer um cartaz para explicar o hábito de Huckleberry, o pet, de ficar no telhado de casa. "Huckleberry aprendeu a pular no telhado do nosso quintal. Nós nunca deixamos ele no quintal sem que haja alguém em casa. Ele não vai pular, a não ser que você o atice com comida ou com uma bola", afirmaram.

O cartaz deixa bem claro: "Nós agredecemos a preocupação, no entanto, por favor, não bata na nossa porta... nós sabemos que ele está lá em cima. Mas, por favor, fiquem à vontade para tirar fotos e compartilhá-las com o mundo com a hashtag #Huckertheroofdog [Hucker, o cachorro do telhado, em tradução livre]".

Essa mania de cachorro de subir no telhado viralizou por meio de fotografias e comentários nas redes sociais. Essa ideia de colocar um cartaz foi mesmo muito boa e muitas famílias deveriam seguir o exemplo para facilitar a comunicação com as pessoas na rua.



Fonte: iG
logomarca do portal meionorte..com