Morador de rua diz que seu cachorro o ajudou a largar o crack

O relato na página do SP invisível já teve 41 mil visualizações

Um jardineiro, que se identica apenas como Faula, que foi parar nas ruas e se tornou dependente de crack conta que foi salvo pelo seu cachorro Capitão. O relato dele, na página do SP Invis[ivel, já foi visto por 41 mil pessoas e compartilhado por mais de 14 mil.

Leia abaixo o depoimento:

“Eu achei ele dentro de uma caixinha de sapato embaixo de um condomínio, ele era pequenininho. Eu fui dormir, peguei a caixinha e ele tava lá. Ele mudou bastante coisa na minha vida. Eu usava crack e agora eu tô só na cocaína. Parei o crack por causa dele. Meu nome é Faula,
Eu era jardineiro. Tinha uma firma de paisagismo. Daí, eu saí de casa, fui morar no centro. Uma coisa foi puxando a outra, até chegar nessa situação. Quando o Capitão chegou na minha vida eu tava bem mal. Tava procurando uma guarita para me esconder da chuva. Na hora ele deitou em cima do meu braço e até hoje ele deita desse jeito. Ele significa paz, carinho. Ele me entende. Significa esperança também.
Quando eu penso em usar droga eu vou, chamo ele, mas ele fica sentado. Parece que sente. Um dia bateu abstinência, eu chamei ele e ele não veio. Foi uma cena, não tem como explicar… Parece que ele já sabia. Tava querendo que eu não fosse. Eu não ia sem ele. Eu não largo ele. Dói…
Um dia eu vou levantar, ter minha firma de novo. Eu e meu cachorro, o Capitão.” 


Fonte: correiobraziliense