Mulher afirma ter feito sexo com fantasmas e diz preferir espíritos

Agora, ela quer engravidar de um espírito!

Amethyst Realm não quer saber de homem. De carne e osso, para ser bem claro. A moradora de Bristol (Inglaterra) prefere levar para a cama fantasmas. Sim, fantasmas.

A inglesa de 27 anos se define com uma conselheira espiritual. Alguns anos atrás, Amethyst e o então noivo se mudaram para uma nova casa, contou ela no programa "This Morning", da ITV.

Nessa residência, Amethyst disse ter sentido a presença de uma "estranha entidade".

"Começou como uma energia, depois se tornou algo físico", comentou ela. "Houve uma pressão sobre as minhas coxas e um ar quente contra o meu pescoço. Eu me senti segura. Fiz sexo com um fantasma. É difícil explicar, havia peso e ao mesmo tempo faltava peso sobre mim", emendou.

O relacionamento com o fantasma durou três anos. Terminou quando o marido chegou em casa e viu um vulto masculino passar pela janela. A "traição" acabou em divórcio.

Mas o sexo espiritual não parou por aí. Amethyst já foi para a cama com 20 fantasmas.

Agora, a inglesa quer engravidar de um espírito!

"Já pesquisei sobre gravidez com fantasma. Há uma possibilidade se existe um fantasma dentro de você, mas ainda não se sabe como concluir o processo", disse a inglesa.

Desde tempos remotos podem ser encontrados casos de pessoas que alegadamente reivindicaram ter tido intimidade de cunho sexual com fantasmas, espíritos, entidades e seres demoníacos. O fenômeno é conhecido como espectrofilia.

Fonte: Com informações do OGlobo
logomarca do portal meionorte..com