Mulher descobre segredo tenebroso sobre o marido dias após se casar

Mulher soube que ele é pedófilo e a violentava depois de drogá-la

A britânica Catrina Alexandra Jade Young, de 29 anos, estava casada com Christopher Lander, de 28, havia menos de 20 dias. Os dois namoraram durante três anos e tiveram um filho nesse período. Catrina tem mais três filhos de outro casamento. Ela e Lander decidiram morar juntos depois de trocar alianças.

A relação ia bem, segundo Catrina, até o dia em que a polícia apareceu na casa da família, em Ipswich, sudeste do Reino Unido. Os oficiais tinham um mandado de prisão. A acusação era gravíssima: pedofilia. O laptop e o celular de Lander foram levados. A polícia avisou Catrina, perplexa, que o marido baixava vídeos de criança  com regularidade.

"Ele tem várias imagens no computador e no celular", constataram os oficiais, que levaram o marido diante de uma esposa atônita. O choque não acabou por aí: os policiais voltaram depois à casa de Catrina, agora para interrogá-la. Foi então que ela descobriu outras informações assombrosas sobre o marido.

Queriam saber se ela o marido tinham o costume de tirar fotos em "brincadeiras sexuais". "Você se fingia de morta para ele?", perguntou um policial. Catrina disse que nunca tinha feito isso.

Diante da resposta negativa, os homens fardados revelaram que acharam arquivos de Lander em que ela, Catrina, aparecia de olhos fechados, como se estivesse se fingindo de morta, fazendo sexo com o marido. A britânica insistiu, enfática: o marido nunca propôs nada do gênero, e, se sugerisse, ouviria um "não" definitivo.

Mas Catrina se lembrou que, nos primeiros dias de casada, acordava cansada, com dor de cabeça, como se estivesse de ressaca. Achava que estava doente e pensava em consultar o médicos. Policiais encontraram remédios para dormir na casa dela. Mostraram os vídeos a ela e fizeram outra revelação chocante: o marido seria acusado de drogá-la e violentá-la enquanto Catrina dormia.

Catrina descobriu, na mesma semana, que o marido é pedófilo e a estuprava à noite, após dar, sem ela saber, um coquetel de remédios para ela desmaiar de sono. — Senti um nojo imenso, dele e de mim por não ter descoberto tudo isso enquanto esteve junto com Lander. Demorou muito para acreditar no que estava acontecendo. Não sabia que ela tinha dormido por tanto tempo, como ela disse, com um "monstro" .


Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com