Mulher é operada após brinquedo erótico "desaparecer" durante sexo

Ela tentou retirá-lo sozinha, mas não conseguiu

A britânica Emily Georgia, de 20 anos, precisou ser hospitalizada e passar por cirurgia após usar um brinquedo erótico pela primeira vez e ele "desaparecer" em seu corpo durante o sexo.

Segundo o Mirror, tudo corria bem até a moça perceber que o brinquedo de metal, de cerca de 10 cm, havia se perdido no meio da relação sexual. Ela tentou retirá-lo sozinha, mas não conseguiu, e então se preocupou. "Eu comecei a entrar em pânico e disse para ele [o parceiro] que precisava ir a um hospital", relembra ela, segundo o Mirror.

Pediu, então, que ele a levasse até um hospital, mas o homem afirmou que o item "sairia naturalmente e que ele precisava trabalhar cedo no dia seguinte". Assim, não fez nada para ajudar.

Image title

Preocupada, Emily recorreu a sua colega de quarto e conseguiu carona até o Worthing Hospital, em Sussex, na Inglaterra. Lá ela passou por exames que mostraram que o item podia perfurar o intestino. "Eu pensei que eles poderiam retira-lo manualmente, mas quando vi o raio-x percebi que não, e me dei conta do quanto era perigoso", conta ela ao Mirror. 

Felizmente, a cirurgia correu bem, o item foi retirado e a mulher acabou liberada no dia seguinte. Agora, ela decidiu falar sobre o caso para alertar outras pessoas a procurarem ajuda imediatamente caso se vejam na mesma situação.

"Tente tirá-lo sozinho primeiro, mas se não conseguir vá direto a um hospital. Não é tão constrangedor quanto parece", diz Emily. "A recepcionista disse que esse tipo de coisa acontece com mais frequência do que a gente imagina".

Fonte: Com informações da UOL