Mulher oferece serviços sexuais de filha de 3 anos e é presa

Ela afirmou que, na verdade, sua intenção era roubar um cliente.

Uma mulher de 27 anos foi presa ao colocar a filha à venda para fins de prostituição infantil. Kelsey Christine Wheeler, que foi capturada pela polícia federal dos Estados Unidos (FBI), estava cobrando quase R$ 20 mil pela criança.

Wheeler afirmou que, na verdade, sua intenção era roubar um cliente, usando a filha como isca. Ainda assim, ela foi indiciada por tráfico sexual de menores. O FBI estava monitorando as atividades de um acusado de pedofilia, identificado como Barret Spangler, quando chegou à mulher.

De acordo com Spangler, os dois se conheceram em um site que reproduz propaganda de serviços de prostituição e, após manterem relações sexuais, relevaram suas fantasias eróticas, que incluíam incesto e menores de idade. De acordo com o jornal Oregonian, no primeiro momento, a mulher havia cobrado R$ 3,9 mil pela filha, sob a condição de que ela também estivesse presente no momento do ato.

Porém, ao se lembrar do seu histórico de abusos sexuais, ela teria mudado de ideia e afirmado que só continuou com a negociação para roubar Spangler. Contudo, um  registro do Serviço de Proteção à Criança de Las Vegas aponta que a mãe e a menina estiveram em um quarto com um homem  e os três estavam com “o mínimo de roupas”. Wheeler está presa e não tem direito à fiança.


Fonte: Com informações do Metropoles