Mulher sofre derrame após tomar pílula anticoncepcional por um ano

A mãe dela a levou para o hospital às pressas.

Natalie Trickett, 32 anos, de Preston, Reino Unido, tinha vida saudável e, inclusive, participava de competições de crossfit. Certo dia, começou a perder a sensação no lado direito do rosto, depois, passou a não sentir mais os lábios e teve alucinações. Em seguida, desmaiou.

A mãe dela a levou para o hospital às pressas. O diagnóstico, no entanto, não foi preciso. Os médicos acharam que se tratava de uma enxaqueca, deram um remédio e pediram alguns exames, inclusive um de vista. Durante esse procedimento, os médicos constataram que ela havia tido um derrame.

Segundo os especialistas, o consumo de pílulas anticoncepcionais foi o que desencadeou tudo. “Fazia um ano que estava tomando o remédio. Derrames são um risco potencial dele, pois leva ao aumento dos coágulos sanguíneos”, contou Natalie ao The Sun.

Ainda de acordo com a vítima, não havia outra razão para ter esse problema. “Eu não bebo, não fumo e checava meu coração sempre. Tudo estava bem”, disse a mulher. “Acredito que não tenha informação suficiente sobre os efeitos colaterais das pílulas e como isso pode causar um derrame. As pessoas acham que isso só ocorre com gente mais velha, mas aconteceu comigo”, desabafou.

O derrame deixou sequelas em Natalie. “Tenho pontos brancos na visão e não posso fazer coisas que fazia antes”, afirmou.


Fonte: Com informações do Metropoles