Mulher vê marido assediar "garota de 16 anos" e se desespera

Homem caiu na cilada armada pela esposa e um canal do YouTube

A americana Ellen ficou sabendo pelos vizinhos que o sujeito era um suposto pedófilo. "Está na lista de agressores sexuais", ela ouviu dos moradores. Para tentar tirar a dúvida pavorosa, Ellen radicalizou: procurou o To Catch a Cheater, canal do YouTube especializado em flagrar, durante ciladas com câmeras escondidas, maridos e mulheres traindo. Os produtores usam atores e atrizes nessas armadilhas. Propuseram então a Ellen criar uma situação em que uma atriz se passasse por uma garota de 16 anos para ver como o marido dela se comportaria. O resultado é chocante.

Ellen disse aos produtores do To Catch a Cheater que tinha questionado o marido, que não teve o nome divulgado, se ele era ou não suspeito de se envolver com menores. "Ele me disse que já foi acusado, mas que isso 'foi há muito tempo' e que não tinha nada demais'".

Antes de autorizar a gravação, Ellen perguntou aos produtores se o marido estava ou não nessa lista de suspeitos por pedofilia, elaborada pela polícia. Responderam que, sim, o homem estava nessa tal lista. "Mais uma razão para ver como ele vai agir numa situação em que uma garota o aborda na rua dizendo que tem menos que 18 anos", disse Ellen.

As cenas foram gravadas numa cidade na Califórnia, que não teve a localização exata revelada. O vídeo teve grande repercussão nas redes sociais. Foi visualizado mais de 700 mil vezes, com milhares de compartilhamentos, e virou matéria de jornais europeus e americanos.


Fonte: Com informações do R7
logomarca do portal meionorte..com