Padre que inspirou ‘O Exorcista’ morreu após encontrar possuída

História virou um documentário da Netflix Americana

O padre católico Malachi Martin supostamente serviu de inspiração para o filme “O Exorcista”, de 1973, e morreu em uma situação pra lá de bizarra em 1999. De acordo com Robert Marrow, amigo de Martin, o clérigo confessou que foi empurrado por uma força invisível depois de ter sido chamado para exorcizar uma menina de 4 anos de idade.

A nova revelação surgiu só agora, com o lançamento do documentário “Hostage to the Devil” (ou “Refém do Demônio”), que conta a história sinistra por trás da morte do padre Martin. Robert Marrow é um ex-agente da CIA e acompanhou o religioso durante o procedimento de exorcismo da criança, que morava em Connecticut.

Cena do filme O Exorcista (Crédito: Reprodução)
Cena do filme O Exorcista (Crédito: Reprodução)

“Então você é Malachi Martin e você acha que pode ajudá-la?”, teria dito a menina para o padre, dando a entender que estava passando por um suposto caso de possessão. Depois disso, Martin caiu e bateu com força a cabeça, contando ao amigo da CIA que tinha sido empurrado por algo que ele não pôde ver. A queda fez com que ele viesse a óbito aos 78 anos de idade.

Marrow conta que esse encontro que ele teve com o padre Martin e a menina supostamente possuída foi um dos momentos mais sinistros de toda a sua vida. O religioso morava na Irlanda, onde trabalhava como exorcista particular, e teria servido de inspiração para o filme. No longa-metragem de 1973, o padre morreu ao ser possuído pelo demônio que enfrenta e se jogar de uma janela, caindo de um andar alto.

O documentário mostrando em detalhes esse caso estreia no hoje (15) na Netflix dos EUA.

Malachi Martin serviu de inspiração para o filme "O Exorcista" (Crédito: Reprodução)
Malachi Martin serviu de inspiração para o filme "O Exorcista" (Crédito: Reprodução)



Fonte: Com informações do Megacurioso
logomarca do portal meionorte..com