Perseguição policial termina com abraço apaixonado, beijo e prisão

Eles deram um abraço apaixonado e se beijaram antes de serem presos

Parecia uma cena de cinema. Uma perseguição policial, no Estado americano do Arizona, terminou com um casal se abraçando, se beijando e preso, na noite de quarta-feira (10).

Os suspeitos apaixonados foram identificados como Dustin Perkins, 35, e Lovida Flores, 29. A dupla foi acusada de ter roubado um carro. Um policial da cidade de Mesa, no Arizona, tentou parar o veículo roubado. No entanto, como o motorista ignorou a ordem, a perseguição teve início.

Atrás do volante da SUV estava Perkins, acelerando por uma rodovia da região de Mesa. Quando a imprensa local notou a perseguição em alta velocidade, os canais de TV interromperam a programação para mostrar a caçada ao vivo.

Policiais de vários condados se envolveram na perseguição, com o objetivo de parar o veículo. Na TV, as imagens mostraram as várias vezes em que Perkins saiu da pista para fugir, entrou na contramão e atravessou faróis vermelhos.

Após alguns minutos, o motorista bateu em duas cercas. Ele ainda tentou algumas manobras em uma área desértica, mas terminou a fuga atingindo uma vala.

O casal, então, saiu do carro e correu em direções opostas. Sem ter para onde ir, Perkins e Flores se reencontraram, deram um abraço apaixonado e se beijaram antes de se jogarem ao chão para esperar a chegada da polícia.  Tudo foi transmitido ao vivo pela TV. Os agentes algemaram o casal e o levaram preso.

 Segundo a polícia, os dois se machucaram e precisaram de atendimento médico. Perkins foi preso e vai responder por vários crimes. Já Flores foi detida e liberada em seguida.




Fonte: Com informações da UOL
logomarca do portal meionorte..com