Pesquisadores criam aplicativo para evitar morte por selfies

Pesquisadores criam aplicativo para evitar morte por selfies

O app avisa quando as pessoas estão em risco ao tentar fazer selfie

Para diminuir o número de mortes de pessoas por selfies, pesquisadores americanos estão desenvolvendo um aplicativo que avisa quando as pessoas estão em situação de risco. O aplicativo ainda está em fase de testes.

Isso porque, 15 pessoas morreram por causa de selfies em 2014, 39 em 2015 e 73 nos primeiros oito meses de 2016.

O primeiro registro (de uma fonte confiável) de alguém que morreu por causa de uma selfie é de março de 2014. Desde então, o estudante de doutorado, Hemank Lamba e uma equipe de amigos, descobriram que foram registradas 127 mortes em razão de selfies em todo o mundo.

Desta 76 ocorreram na Índia, nove no Paquistão, oito nos Estados Unidos e seis na Rússia. O estudo não registrou nenhuma morte por selfie no Brasil.

A causa mais provável de morte é por queda de uma grande altura, com pessoas indo até penhascos e topos de prédios para tirar selfies e impressionar seguidores nas mídias sociais.

Fonte: BBC Brasil
logomarca do portal meionorte..com