Pessoas inteligentes possuem poucos amigos

Pessoas inteligentes possuem poucos amigos

Quanto mais alto é o QI, menos eles precisam se relacionar

Uma pesquisa feita pelos psicólogos evolutivos Satoshi Kanazawa, da Escola de Economia e Ciência Política de Londres, e Norman Lee, da Universidade de Gerenciamento de Singapura (SMU), concluiu que pessoas com inteligência superior a população possui poucos amigos.

De acordo com os psicólogos, quanto mais alto é o QI, menor é a necessidade do ser humano de se relacionar constantemente com amigos.

Para as pessoas inteligentes, a vida com muita atividade social não é considerada saudável. O cérebro de uma pessoa com habilidades intelectuais elevadas funciona de forma diferente. E a sociabilidade está incluída nestas diferenças.

Ainda de acordo com as conclusões, as pessoas com inteligência superior à maioria, a vida social é mais um supérfluo do que algo primordial. A maioria dos grandes gênios foram e costumam ser solitários. Na verdade, são poucas as pessoas que os entendem e os aceitam. Mas isso não é problema para eles. Pelo contrário, quanto mais precisam socializar, menos felizes eles se sentem.

Fonte: PavBlog
logomarca do portal meionorte..com