Pornografia é declarada como problema de saúde pública

Pornografia é declarada como problema de saúde pública

No entanto algumas pesquisas alegam que pornografia não traz vícios

O Estado de Utah nos Estados Unidos, foi o primeiro a sancionar uma lei em que aponta a pornografia um problema de saúde pública. A lei tem como objetivo proteger as famílias e a juventude.

De acordo com informações, a medida não proíbe o consumo de conteúdo pornográfico, mas pede "maiores esforços para evitar a exposição e o vício ligados à pornografia". A lei também propõe mudanças na "educação, prevenção, pesquisa e políticas a nível social e comunitário", mas não sugere como elas devem ser implementadas.

Segundo o texto, a pornografia "perpetua um ambiente sexualmente tóxico" e "contribui para a hiperssexualização dos adolescentes, e até das crianças na pré-puberdade, na nossa sociedade". Algumas pesquisas, por sua vez, comprovam que o consumo de pornografia não causa vícios.

A novidade já gera polêmicas e foi criticada por um representante da indústria pornográfica, que considerou a lei "antiquada".

Fonte: Mundo Insólito
logomarca do portal meionorte..com